Mercado imobiliário no Brasil: esclarecemos 8 mitos para você

Sabemos que o mercado imobiliário no Brasil é uma área extremamente valorizada, especialmente nos grandes centros urbanos. Os valores envolvidos nessas transações costumam ser bastante substanciais, logo, não é raro que as pessoas criem e espalhem alguns mitos sobre o setor.

Mas isso nem sempre é positivo, pois diversos interessados em potencial podem acabar desistindo de uma negociação por conta de alguma inverdade. Até mesmo profissionais podem fechar negócios pouco vantajosos por conta dessa desinformação.

Então, para evitar esse tipo de coisa, continue lendo este post e confira alguns desses mitos sobre o mercado imobiliário no Brasil!

1. “Negociar imóveis é um dom”

Um dos mitos mais fortes do mercado imobiliário é que negociar imóveis é um dom. Embora seja inegável que alguns vendedores realmente nascem com as características certas para convencer e encantar os clientes e lidar bem com o público, o fato é que a grande maioria das qualidades podem e devem ser aprimoradas.

Praticamente tudo pode ser aprendido e melhorado. Na realidade, a profissão de corretor tem muitos desafios específicos, e quem desenvolver as habilidades certas para vencer esses percalços terá muito mais chances de êxito.

Então, mantenha-se informado, atualizado e, principalmente, atento às demandas do setor.

2. “Os clientes são todos iguais”

Outro mito clássico do mercado imobiliário no Brasil é o hábito de tratar todos os clientes da mesma maneira, trabalhando mais ou menos como se segue uma receita de bolo.

Muitos profissionais tendem a categorizar o seu público sob uma mesma perspectiva, e acabam prestando atendimentos monótonos que não consideram os anseios, as demandas, as necessidades e as expectativas de cada cliente, individualmente. Não faça isso.

Lembre-se: as pessoas sempre são diferentes entre si. O que é muito interessante para um indivíduo, pode ser pouquíssimo atraente para outro. Mesmo que os compradores tenham um perfil parecido, suas motivações sempre serão únicas.

3. “Dá para ficar rico em pouco tempo”

De fato, a grande valorização que o mercado imobiliário brasileiro experimentou nos últimos anos — especialmente com a escolha do país como sede da Copa do Mundo e das Olimpíadas — fez com que muitas pessoas, inclusive profissionais do ramo, acreditassem que é fácil ficar rico trabalhando nessa área.

E esse mito é muito perigoso, pois os corretores podem ter suas expectativas quebradas rapidamente ao perceberem que o setor também apresenta seus desafios e dificuldades.

Enfim, embora seja perfeitamente possível ter bons resultados no final do mês, o fato é que você precisará ralar bastante para isso.

4. “É possível conhecer um imóvel pela planta”

Muitos corretores, especialmente quando já habituados aos meandros do setor, acabam achando possível conhecer um imóvel apenas ao observar a sua planta, as propagandas e o memorial descritivo.

Isso, de fato, é necessário algumas vezes, especialmente nas unidades na planta —mas nada substitui a boa e velha visita. Afinal, é preciso compreender que cada propriedade é única e, mesmo que esteja apenas em um andar ou torre diferente, é fundamental dar uma boa olhada nela.

A incidência da iluminação, por exemplo, sempre será própria de cada propriedade, além da vista, e até da posição do sol, que podem variar e refletir em ângulos exclusivos e diferenciados.

5. “O mercado imobiliário no Brasil está ruim”

Realmente, o mercado imobiliário no Brasil valorizou muito e, depois, acabou se estagnando por conta da crise experimentado nos últimos tempos. Mas isso ainda não quer dizer que o mercado esteja ruim.

Até porque, como se trata de uma área extremamente valorizada e segura, muitas pessoas a acabam procurando nesses momentos de conjuntura econômica pouco favorável. Assim, a verdade é que estamos vivenciando um período de perspectivas bem interessantes.

Há uma enorme gama de oportunidades, para quem tiver paciência e souber garimpar. Muita gente deseja vender, e outros precisam comprar — até a demanda para a locação, por exemplo, está permanentemente elevada.

6. “As pessoas estão ficando malucas”

É comum acharmos que as pessoas estão ficando malucas, especialmente em dias tão conturbados e controversos como os de hoje.

No entanto, é preciso ter a mente aberta para entender que, ao contrário do que ocorria no passado, há cada vez menos medo de revelar os próprios desejos, demandas e anseios na hora de procurar uma propriedade.

Os clientes estão mais ativos em todo esse processo e, especialmente por conta da internet, buscam mais informações antes de finalizar as negociações — mesmo que elas não sejam propriamente verdadeiras.

Diante disso, analise quais comportamentos você precisa estimular no seu dia a dia, e procure entender melhor o seu público.

7. “O corretor de imóveis vende sonhos”

Outro grande mito do mercado imobiliário no Brasil é achar que o corretor de imóveis “vende sonhos”.

Francamente: o corretor vende imóveis, e compreender isso garante ao profissional a capacidade de ser muito mais realista e efetivo para finalizar suas transações. Afinal, é muito importante estar focado no que é real e palpável, ao invés de se iludir e iludir os clientes.

Antes de mais nada, você precisa, sim, ter o conhecimento necessário e a capacidade para entender as necessidades e os desejos das pessoas. Mas deixando claro que nem sempre será possível fazer mágica, especialmente nos grandes centros urbanos, ou com orçamentos mais apertados.

8. “Existe uma fórmula para vender bem”

Por fim, saiba que não existe uma fórmula pronta para vender bem. Tenha consciência de que não é porque uma negociação na qual você agiu de determinado jeito foi bem-sucedida que todas as outras o serão.

Mesmo que os resultados tenham vindo de maneira fácil e rápida, você não deve, obrigatoriamente, repetir todas as suas táticas com o próximo cliente. Isso é generalizar as vendas e o mercado.

Como já dissemos, cada pessoa tem suas características específicas, e o profissional de sucesso é justamente aquele que consegue se adequar mais facilmente a elas, de acordo com a situação que se apresenta diante dele.

Enquanto uns podem odiar que você insista, por exemplo, outros podem querer mais a sua presença. Então, use seu instinto e poder de observação para agir adequadamente a cada cliente e situação.

Enfim, esses são alguns dos principais mitos do mercado imobiliário no Brasil. E aí, gostou do conteúdo? Ainda ficou com alguma dúvida, ou tem uma sugestão sobre o tema? Não deixe de fazer o seu comentário, e divida sua experiência conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *