Preço dos imóveis tem queda real de 2,59% no segundo semestre

No primeiro semestre de 2018, o valor dos imóveis residenciais que estão à venda no Brasil teve uma queda real de 2,59%, segundo o Índice FipeZap, instituição que acompanha o preço dos imóveis anunciados para venda em 20 cidades do país.

A queda real é apontada quando o preço de um determinado bem tem uma alta menor que o aumento generalizado dos preços, que é medido pelo IPCA. No período, o valor médio dos imóveis baixou 0,16% enquanto a  inflação que era esperada no período foi de 2,49%.

+STF decidiu que não é possível penhorar bens da família do fiador

É bom ressaltar que a variação real não é atingido com uma simples subtração. Para fazer o cálculo, é necessário dividir a oscilação dos preços pela variação da inflação.

Os preços não aumentaram de forma igual em todas as cidades brasileiras monitoradas pelo índice. Porém apenas 6 das 20 cidades cidades do país apresentaram uma alta no preço de venda no ano. As cidades que valem ser destacadas são: Distrito Federal (0,37%), Goiânia (0,31) e São Paulo (0,21).

No mês de junho o valor médio dos imóveis ficou praticamente estacionado pelo sexto mês seguido (-0,06). Neste mês, é aguardada uma inflação de (-0,66).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *